.
Grfico7.jpgfundo1.JPG

“O paisagista é aquele que tem a cabeça cheia de jardins”

Grfico1.jpgdsgn_202_content_bg.pngbarra.jpg


.
 Curso Jardim II - início  27/8 até 03/12                                                              reserve sua vaga pelo e-mail: curso@paisagismoecologico.com.br                matrículas abertas                                              
JANE_FOLDER_2014_CAPA.JPGJANE_FOLDER_CAPA_2014_avanado_eletronico.jpgdsgn_202_square.png

Nossos cursos têm como objetivo principal, desenvolver o olhar do paisagista.

Introduzir os alunos na arte da composição paisagística, na jardinagem e nas questões ambientais.


Desenvolver a criatividade de cada um para compor com vegetais, água, equipamentos de jardim e diversos outros elementos, jardins charmosos e ecológicos. Trabalhando com formas, cores, texturas, claros e escuros, conseguimos resultados harmônicos e inovadores.


Apresentar o paisagismo ecológico como instrumento de conservação do meio ambiente natural e da melhoria da qualidade dos ecossistemas urbanos. Analisar os aspectos da arborização urbana, parques e praças. Trabalhar em Atelier com metodologia de projeto de paisagismo em áreas particulares e áreas públicas.


Ministrantes: Jane Pilotto, Arquiteta paisagista, Dra em gestão ambiental, RJ; Márcia Patricia Hoet, bióloga, mestre em botânica, UFSC; Ademir Reis, biólogo, Dr. em Botânica; Fábio Klokner, Eng. agrônomo; Rita Frizzo, Eng, florestal, especilista em paisagismo; Silvia Monteiro, arquiteta paisagista; Mayara S. Exterkoetter, arquiteta e paisagista; entre outros


Áreas de interesse: Paisagismo, Arquitetura e Urbanismo, Botânica, Biologia, Engenharia Florestal, Artes e correlatas.

O paisagismo é chamado ecológico quando existe uma intenção conservacionista no método utilizado no exercício da composição de determinada paisagem. O paisagismo ecológico é a ciência que, com arte, cria, recria, modifica ou recupera paisagens que contribuam para a melhoria da qualidade de vida do homem, orientado para a conservação dos ecossistemas naturais. Os ecossistemas naturais onde as cidades se instalaram já foram modificados ou, em alguns casos, até mesmo extintos. Foi então, criado um novo ecossistema, o ecossistema urbano, com características próprias.